-->


Sistema Mediador
Solicitação de Registro de Instrumento Coletivo
Legislação
Leis, Atos, Decretos, Portarias, e Resoluções do MTE
Dúvidas Trabalhistas
Férias, Horas Extras, Salário, Outros...
FGTS: Movimentações via SMS
Folder e Formulário
ASSÉDIO SEXUAL
Cartilha
PISO SALARIAL
Piso Mínimo Regional do PR


Veja Mais Fotos


 Jornada de 40 HORAS
Imprimir PDF

Centrais sindicais lançam a campanha #ForaBolsonaro

Iniciativa tem como lema “Pela Vida, Democracia, Emprego e Renda”

As centrais sindicais brasileiras lançaram, nesta segunda-feira (18), a campanha #ForaBolsonaro, que defende a saída de Jair Bolsonaro (sem partido) da Presidência da República. A avaliação das lideranças sindicais é que a insatisfação com o governo vem crescendo devido à irresponsável postura do presidente ante a pandemia do novo coronavírus. A campanha tem como lema “Pela Vida, Democracia, Emprego e Renda”.

“Bolsonaro é o principal obstáculo à guerra contra a Covid-19 – e é também uma grave ameaça contra a frágil democracia brasileira. Por isto, estamos lançando esta campanha”, declarou o presidente da CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil), Adilson Araújo.

Para o dirigente cetebista, a mobilização pode fomentar e repercutir, levando a manifestações populares. “Tenho dúvidas se Bolsonaro seria derrotado caso fosse julgado hoje”, admite. “Mas a correlação de forças pode mudar se o povo entrar em massa no jogo.”

As condições políticas para o impeachment ainda não estão dadas, mas os dirigentes das centrais estão convencidos de que a destituição do presidente é a primeira condição para enfrentar a crise. A iniciativa reúne 11 centrais sindicais.  “Não tem jeito. Chegamos a um momento em que o povo já percebe que o País está sem governo. Só causa confusão”, afirmou Miguel Torres, presidente da Força Sindical.

O “Fora Bolsonaro” foi lançado oficialmente às 20 horas desta terça pelas redes sociais e incluirá a fixação de cartazes – cerca de 10 mil exemplares foram colados em São Paulo. De acordo com Adilson, a meta é fixar 1 milhão de cartazes por todo o país.

Miguel Torres alerta que o número de mortos devido a pandemia só tem aumentando e os empregos estão a cada dia mais ameaçados. “O governo precisa fazer chegar o mais rápido possível o financiamento às empresas para que mantenham o mínimo da produção. Empresas e trabalhadores precisam do apoio do governo para superarem este momento de crise. E isto é o que menos temos visto”, critica o sindicalista.

 

 

 

Da Redação, com Portal CTB e Rádio Peão Brasil

 


CNPJ: 81.104.341/0001-09 | Código Sindical: 913.000.000.03342-5
Rua Hildebrando de Araújo, 429 – Jd. Botânico | CEP 80.210-260 – Curitiba/PR
Fone/Fax: (41) 3362-7778 | Email: sesocepar@sesocepar.org.br