-->


Sistema Mediador
Solicitação de Registro de Instrumento Coletivo
Legislação
Leis, Atos, Decretos, Portarias, e Resoluções do MTE
Dúvidas Trabalhistas
Férias, Horas Extras, Salário, Outros...
FGTS: Movimentações via SMS
Folder e Formulário
ASSÉDIO SEXUAL
Cartilha
PISO SALARIAL
Piso Mínimo Regional do PR


Veja Mais Fotos


 Jornada de 40 HORAS
Imprimir PDF

Veja onde ocorrerão os atos em defesa de Lula e da democracia

 

 Porto Alegre começou a receber, nesta segunda-feira, caravanas de vários estados brasileirosPorto Alegre começou a receber, nesta segunda-feira, caravanas de vários estados brasileiros

                        

                     

Os atos em São Paulo e na cidade de Porto Alegre (RS) serão as principais ações no país no dia em que ocorre o julgamento, no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), do recurso no processo referente ao caso do tríplex do Guarujá (SP), parte da Operação Lava Jato. Mas, além dessas ações, vigílias e protestos já estão agendados em vários municípios brasileiros.

 

Em São Paulo as frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, que reúnem mais de 180 entidades e movimentos,dentre os quais a CUT, CTB, sindicatos, MTST, CMP, UNE e MST, realizam vigília em defesa de Lula e da democracia, às 17h, no Tribunal Regional Federal da 3ª Região, na Avenida Paulista, 1.842, na capital paulista.

 

Já na quarta-feira (24), os movimentos farão ato na Praça da República, a partir das 17h, e caminhada até a Avenida Paulista. A atividade contará também com a presença de artistas, intelectuais e do próprio Lula.

 

Para lideranças como o presidente nacional da CUT, Vagner Freitas, o principal crime de Lula é ser líder das pesquisas de intenção de votos e o julgamento poderá condenar alguém inocente, num caso sem provas ou testemunhas que evidenciem ilegalidades, tratando-se, portanto, de uma perseguição política.

 

"É a disputa de um projeto para um país subordinado aos interesses do grande capital internacional - um país para poucos -, contra a de um país soberano, com indústria e agricultura nacional pujante, geração de emprego e distribuição de renda, um país para todos e todas. É disso que se trata essa perseguição."

 

O presidente da CTB, Adilson Araújo, também expressou todo seu apoio à campanha pelo direito do ex-presidente ser candidato nas eleições deste ano e destacou que reagir à arbitrariedade no caso Lula é resistir ao recrudescimento da direita e da ofensiva neoliberal no país.

 

Assim tem início o ano de 2018 que, na avaliação da presidenta da União Estadual dos Estudantes de São Paulo, Nayara Souza, repete um dos maiores desafios da história do povo brasileiro, o de defender o Estado Democrático de Direito.

 

“É momento de mostrar ao país todo que só a força do povo pode mudar. Espalhar esperança e defender a jovem democracia que em toda a nossa história, foi tão maltratada. O direito de expressão, de opinião e de liberdade. O direito à democracia é muito caro para nós e não abriremos mão. Defender o direito de Lula ser candidato é defender a legalidade, é defender esse Brasil: justo”, afirma.

 

Para Matheus Gringo, da direção estadual do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), o programa do golpe em curso no Brasil está relacionado também com a crise do capitalismo mundial. E, para a superação desta crise, avalia, o capital exige o aprofundamento da exploração da classe trabalhadora.

 

“A perseguição pela qual tem passado o ex-presidente Lula e a tentativa de impedi-lo de disputar as eleições presidenciais neste ano demostram que ele ainda simboliza para a população brasileira a possibilidade de construção de um projeto nacional de superação da crise do capitalismo sem o aprofundamento da retirada de direitos da classe trabalhadora”, destaca.

                     

Veja abaixo onde ocorrerão manifestações por todo o Brasil:

                     

Nordeste

Ceará
24/01 - Fortaleza | 8h | Ato na Praça da Justiça Federal (centro)
24/01 - Cratéus | 8h | Ato com concentração na Sede da Justiça Federal
24/01 - Sobral | 7h | Ato com Concentração na na Praça de Cuba
24/01 - Quixadá | 8h | Ato na Praça Coronel Nanan
24/01 - Limoeiro de Norte | 7h | Ato na Praça da Justiça Federal
24/01 - Cariri | 9h | Ato na Praça da Prefeitura de Juazeiro do Norte

 

Rio Grande do Norte
23/01 - Vale do Açu | 7h | Caminhada com Concentração na Praça do Rosário
24/01 - Natal | 7h | Caminhada com concentração no Centro de Comercialização de Agricultura Familiar

 

Alagoas
23/01 - Maceió | 7h | Ato na Praça Deodoro
24/01 - Maceió | 8h | Vigília na Praça Centenário
24/01 - Delmiro Gouveia | 8h | Em frente ao Fórum

 

Sergipe
23/01 - Glória | 20h | Ato em frente ao Fórum
23/01 - Gararu | 20h | Ato em frente ao Fórum
23/01 - Porto da Folha | 20h | Ato em frente ao Fórum
23/01 - Poço Redondo | 20h | Ato em Frente ao Fórum
23/01 - Lagarto | 8h | Ato no Sindicato dos Trabalhadores
24/01 - Própria | 6h | Ato em Frente ao Fórum
24/01 - Estância | 6h | Ato em frente da Justiça Federal
24/01 - Aracaju | 15h | Ato na Praça General Valadão
24/01 - Itabaiana | 07h | Em frente à Justiça Federal

 

Pernambuco
23/01 - Recife | 15h | Ato com concentração Praça Tiradentes
23/01 - Caruaru | 15h | Ato com concentração em frente ao INSS na Av. Rui Barbosa
24/01 - Recife | 08h | Vigília com concentração Praça Tiradentes

 

Bahia
23/01 - Salvador | 15h | Tribunal Popular no Campo Pólvora
23/01 - Vitória da Conquista | 18h | Acampamento e Vigília na Praça Vitor Brito
24/01 - Vitória da Conquista | 8h | Ato Público na Praça Vitor Brito
24/01 - Salvador | 7h | Vigília no Campo Pólvora
24/01 - Salvador | 8h30 | Caminhada e Vigília no Fórum Ruy Barbosa

 

Paraíba
23/01 - João Pessoa | 19h | Vigília na Praça João Pessoa
24/01 - João Pessoa | 7h | Caminhada com concentração na Praça João Pessoa

                    

Centro Oeste

 

Mato Grosso
23/01 - Cáceres | 15h | Ato na Praça da Cavalhada/Benjamim Constant
23/01 - Rondonópolis | 18h30 | Vigília em frente ao prédio da Justiça Federal
24/01 - Cáceres | 7h | Vigília com concentração na Justiça Federal
24/01 - Barro do Garças | 8h30 | Ato em frente ao Banco do Brasil
24/01 - Juína | 19h30 | Ato no Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público
24/01 - Tangará da Serra | 7h | Vigília com concentração na Sede da Justiça Federal
24/01 - Cuiabá | 6h | Em frente à sede da Justiça Federal

 

Goiás
19/01 - Uruaçu | 9h | Ato na Avenida Tocantins
24/01 - Goiânia | 8h | TRF de Goiânia

 

Distrito Federal
23/01 - Brasília | 19h | Vigília em frente ao STF
24/01 - Brasília | 10h | Caminhada com concentração na CUT

 

Mato Grosso do Sul
23/01 - Campo Grande | 17h | Aula Pública na Av. Afonso Pena, 4.444
24/01 - Campo Grande | 06h | Ato Público na esq. da A. Afonso Pena com a Rua 14 de Julho

 

Sudeste

 

São Paulo

23/01 - São paulo l 17h l Vigília no Tribunal Regional Federal da 3ª Região, na Avenida Paulista,
24/01 - São Paulo | 17h | Concentração na Praça da República

 

Minas Gerais
22/01 - Belo Horizonte | 19h | Ato dos Juristas Mineiros pela Democracia na Faculdade de Direito da UFMG
23/01 - Uberlândia | 8h | Porta da Justiça Federal
23/01 - Belo Horizonte | 17h | Praça Afonso Arinos 24/01 - Belo Horizonte | 8h | Assembleia Legislativa

 

Rio de Janeiro
22/01 - Rio de Janeiro | Ocupação na Rede Globo
24/01 - Rio de Janeiro | 10h | Av. Rio Branco
24/01 - Barra Mansa | 9h | Ato na Praça da Matriz

 

Espírito Santo
24/01 - Vitória | 8h | Praça Costa Pereira - Centro

                     

Sul

 

Rio Grande do Sul
22/01 - Porto Alegre | 18h | Ato no auditório da FETRAFI
23/01 - Porto Alegre | 9h30 | Ato no auditório Dante Baroni
23/01 - Porto Alegre | 16h | Marcha com concentração na Esquina Democrática
24/01 - Porto Alegre | 08h | Vigília com Concentração no Acampamento da Legalidade

 

Paraná
23/01 - Curitiba | 19h | Vigília na Praça Santos Andrade
24/01 - Curitiba | 07h30 | Vigília na Praça Santos Andrade

                  

Norte

 

Tocantins
23/01 - Palmas | 18h | Aulão Popular sobre a Lava Jato e Vigília em frente à Justiça Federal
24/01 - Palmas | 8h | Ato em frente à Justiça Federal Pará 23/01 - Belém | 17h | Domingos Marreiros, 598

 

Pará
23/01 - Belém | 17h | Domingos Marreiros, 598
24/01 - Altamira | 8h | Em frente ao Fórum na Avenida Brigadeiro Eduardo Gomes
24/01 - Parauapebas | 9h | Ato com concentração no CDC 24/01 - Belém | 08h | Domingos Marreiros, 598

 

Rondônia
24/01 - Porto Velho | 4h | Ato com Concentração em frente à Justiça Federal

 

Amazonas
23/01 - Manaus | 18h | Vigília em frente à Justiça do Trabalho 24/01 - Manaus | 9h | Ato em frente à Justiça do Trabalho

                          

 

 

 

 

Fonte: Vermelho, 23 de janeiro de 2018Fonte: 23 de janeiro de 2018

 


CNPJ: 81.104.341/0001-09 | Código Sindical: 913.000.000.03342-5
Rua Hildebrando de Araújo, 429 – Jd. Botânico | CEP 80.210-260 – Curitiba/PR
Fone/Fax: (41) 3362-7778 | Email: sesocepar@sesocepar.org.br